top of page

Oficinas inauguram parceria entre Observatório e Caminho da Mata Atlântica

Na última semana, o Observatório do Turismo de Juquitiba recebeu duas oficinas organizadas em parceria com o Caminho da Mata Atlântica, novo parceiro da organização. Projeto que prevê a implantação de uma trilha de longo curso com mais de 4.000 km de extensão entre Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro, o Caminho da Mata Atlântica se prepara para implantar o trecho de Juquitiba, a partir da articulação com o Observatório.


Francisco Schnoor e Ernesto Viveiros de Castro, que compõem a comissão de governança do Caminho da Mata Atlântica, estiveram em Juquitiba entre os dias 13 e 15 de março. No dia 13, quarta-feira, os membros da iniciativa conheceram as instalações do Observatório do Turismo de Juquitiba. Na manhã do dia 14, foi realizada uma visita técnica ao percurso do Caminho da Mata Atlântica no município, guiada pela equipe do Observatório, incluindo a passagem por atrativos turísticos conhecidos, como a Cachoeira do Monjolo, as sedes das operadores de rafting no Rio Juquiá, a barragem da Represa Cachoeira do França e o Parque Estadual do Jurupará. No período da tarde, a sede do Observatório recebeu uma oficina de apresentação do projeto e mobilização da comunidade local, contando com a participação de representantes da sociedade civil e poder público.


Oficina de Planejamento e Manejo de Trilhas, realizada no Observatório.

No dia 15, sexta-feira, o Observatório realizou a Oficina de Planejamento e Manejo de Trilhas, ministrada por Ernesto. O evento, com sete horas de duração, contou com exposição de conteúdo e atividade prática, realizada no circuito de trilhas do Observatório. A formação apresentou noções introdutórias e aspectos técnicos sobre o processo de planejamento e implantação de trilhas em ambientes naturais, incluindo instruções sobre definição de trajeto, correção de declividade, drenagem e sinalização.


Os eventos realizados marcaram a abertura do calendário de oficinas que o Observatório passa a oferecer em 2024, junto a colaboradores e parceiros. As formações oferecidas englobarão temas pertinentes às áreas de turismo, meio ambiente e cultura, consolidando a sede da organização como um centro de formação socioambiental e difusão do ecoturismo.

Комментарии


bottom of page