IMG_1563.JPG
observatório_smooth_branco_a4.png

SALA VERDE DO OBSERVATÓRIO

Criado pelo Departamento de Educação Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, o Projeto Salas Verdes busca criar e consolidar uma rede de centros de formação socioambiental em todo o Brasil, com troca de ideias, materiais e experiências entre instituições envolvidas. Em 2018, o Observatório do Turismo de Juquitiba foi selecionado para integrar o projeto, passando a sediar a primeira Sala Verde no município de Juquitiba.

 

A proposta pedagógica da Sala Verde do Observatório, aprovada pelo Ministério do Meio Ambiente, sugere o desenvolvimento de um modelo de estudo do meio com foco na educação ambiental e sensibilização turística dos estudantes da rede pública juquitibense. O objetivo é proporcionar aos alunos uma formação ambiental a partir da valorização do patrimônio natural e cultural de Juquitiba, de forma a estimular o engajamento da população em alternativas sustentáveis de desenvolvimento local, especialmente o turismo.

A ideia inovadora busca transformar a sede do Observatório do Turismo de Juquitiba em uma grande sala de aula a céu aberto, onde crianças e jovens poderão vivenciar um contato aprofundado com a Mata Atlântica e tudo que a floresta tem a ensinar em nossas trilhas educativas. A Sala Verde chega para representar um importante marco no ensino público do município, colocando Juquitiba na vanguarda da educação ambiental.

ODS CONTEMPLADOS

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), estipulados pela ONU, são um conjunto de 17  metas globais para a promoção do desenvolvimento humano e da conservação ambiental. Veja quais deles são atendidos por este projeto do Observatório.

ODS1.png
ODS4.png
ODS8.png
ODS9.png
ODS11.png
ODS14.png
ODS15.png
ODS16.png

FICHA DO PROJETO

Objetivo: Implementar um programa permanente de educação ambiental e sensibilização turística no âmbito da rede pública municipal de ensino de Juquitiba-SP

 

Público-alvo: estudantes de ensino fundamental da rede pública de ensino de Juquitiba-SP

Área de abrangência: município de Juquitiba-SP

 

Potencial de pessoas diretamente beneficiadas: até 250/ano

Status do projeto: em andamento

Temas abordados: ecoturismo, gestão de recursos hídricos, conservação da biodiversidade, história de Juquitiba

Colaborador responsável: Rafael Lino Maenza de Souza

Instituições apoiadoras ou parceiras: Ministério do Meio Ambiente/Governo Federal

DETALHAMENTO DAS ATIVIDADES

O projeto Sala Verde do Observatório prevê a realização de estudos do meio na sede do Observatório do Turismo de Juquitiba com turmas da rede pública de ensino local. O conteúdo visa o fortalecimento de vínculos entre a comunidade juquitibense e seu território, destacando a valorização de seu patrimônio natural e cultural. O modelo de estudo do meio proposto inclui atividades em diferentes estruturas da sede do Observatório, divididas em duas partes:

Parte 1 - aula expositiva e visita ao minimuseu

A primeira parte da visita é dedicada à aproximação dos estudantes aos temas abordados no estudo do meio, a partir de uma aula expositiva com foco no bioma da Mata Atlântica e na história da cidade de Juquitiba, destacando o processo de ocupação antrópica na região em diferentes períodos e ciclos econômicos. Essa primeira etapa é complementada por uma visita ao minimuseu, onde os alunos podem ter contato com materiais que ilustram os principais episódios históricos do município.

Parte 2 - visita ao circuito de trilhas

Na segunda parte, os alunos percorrem as trilhas da Carvoaria, Nascente, Jatobá e Jabuti acompanhados pelos monitores. Durante a atividade de caminhada na reserva de Mata Atlântica do Observatório, os estudantes obtêm informações relevantes acerca de questões ambientais estratégicas para a cidade de Juquitiba, incluindo a gestão de recursos hídricos e a conservação da biodiversidade. A experiência é enriquecida com a observação in loco de uma microbacia hidrográfica, de espécies nativas e áreas de floresta secundária, decorrente da regeneração ocorrida após décadas de exploração da atividade carvoeira na região.

Ao final das atividades, espera-se que os alunos conheçam com maior profundidade e clareza o território em que vivem, compreendam a relevância do segmento do ecoturismo para o desenvolvimento local e a conservação ambiental, bem como se sensibilizem acerca do potencial turístico de Juquitiba a partir de seus remanescentes de Mata Atlântica.